Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
DESENPENHO AGRONÔMICO DO GIRASSOL (Helianthus annuus L.) EM FUNÇÃO DE FONTES E PARCELAMENTOS DE BORO
Jussara Leda Griesang, Alini Roberto Lacerda, Thereza Carolina Pessatto, Mara Steinke, Andréia de Oliveira Vieira, Alexandra de Paiva Soares

Última alteração: 2012-12-13

Resumo


Objetivou-se determinar o efeito da adubação borácica em cobertura na cultura do girassol cv. Olisun 3, em Latossolo Vermelho Amarelo distrófico, textura muito argilosa. O experimento foi realizado, no campo experimental do IFMT, Campus Campo Novo do Parecis, no delineamento de blocos ao acaso, esquema fatorial 3 × 3, com um tratamento adicional [(3x3) + 1] e quatro repetições, sendo três (3) fontes de boro: ácido bórico, octaborato e bórax, e 3 parcelamentos (aplicação da dose total aos 20 dias após o plantio (DAP) parcelamento 1, em duas épocas (20 e 40DAP) parcelamento 2 e em três épocas (20, 40 e 60 DAP) parcelamento 3, e uma testemunha sem adubação com boro.As parcelas foram constituídas de 5 linhas com 3 metros de comprimento, com espaçamento de 0,76 m entre as linhas, considerando como área útil as 3 linhas centrais com a exclusão de 0,5 m de cada extremidade. A adubação de plantio foi realizada conforme análise de solo, foram aplicados 10 kg de N, 130 kg de P e 40 kg de K, e em cobertura foi realizada aos 20 DAP 50 kg de N (sulfato de amônio) e 40 de K. Foram realizadas avaliações das características de rendimento de grãos: massa média dos aquênios por capítulo, altura das plantas, diâmetro de capítulos e caule e produtividade.

Palavras-chave: Boro, exigência nutricional, rendimento.


Texto completo: PDF