Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Perdido na selva de pedra: a obscuridade do sistema capitalista, por meio da TV, à luz do rock
Luis Tertulino, Luiz Alberto Pimentel

Última alteração: 2012-12-13

Resumo


O rock brasileiro foi um movimento de inconformismo com o sistema presente na sociedade. Com suas letras politizadas, contestaram valores e vários paradigmas. Essas mesmas letras permitem uma análise mais profunda da sociedade. Assim, este trabalho se propôs a analisar algumas dessas letras visando construir uma ideia mais concreta. Para isso, escolhemos as músicas “Televisão” e “Homem Primata”, da banda Titãs, e “Que País É Esse?”, da banda Legião Urbana. A televisão se fortaleceu como um meio de comunicação de massa durante a ditadura militar, em que era a elite quem controlava essa mídia. Assim, se consolidou como uma mídia vazia de conteúdos mais profundos, em que praticamente apenas programas alienadores e propagandas comerciais eram (e são) veiculados. Isso porque a televisão é um dos principais instrumentos do consumismo e do capitalismo, em que as pessoas entendem unicamente que devem adquirir certos produtos com fim de obter uma sensação de alegria, saciedade, e até mesmo felicidade. Ou seja, mexendo com os sentimentos das pessoas, o capitalismo conseguiu estruturar-se. Com o grande poder que tomou o capitalismo, a humanidade começou a regredir na evolução, de certa forma, ignorando os valores morais, éticos e de respeito ao outro, visando apenas o benefício próprio. A vida, assim, se tornou um campo de batalha, em que apenas o mais forte consegue “sobreviver”, e ele consegue isso tirando proveito das situações e das pessoas. O sistema capitalista também remete à ideia de desenvolvimento, de progresso, mas uma ideia falsa de tudo isso, pois a população é explorada e pessoas a cada dia matam e morrem com objetivos pessoais. Visando também esse progresso, populações inteiras foram sacrificadas ou escravizadas pela multinacionais, indústrias, hidrelétricas, entre outros. Assim, essa relação entre televisão e capitalismo foi a ideia objetivada por esse trabalho.

Texto completo: PDF