Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
IDENTIFICAÇÃO DE POTENCIAIS ÁREAS PRODUTIVAS PARA INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS NO MUNICÍPIO DE CODÓ-MA
Denise Fernanda Mury, Francisca Inalda Oliveira Santos, Camilla Bezerra Ferreira, Mariano Oscar Anibal Ibañez Lojas

Última alteração: 2012-08-27

Resumo


O conceito de Indicação Geográfica começou na França, há mais de um século e meio e é um termo que designa a procedência de certos produtos associando a qualidade destes ao meio em que são criados não permitindo que outros produtores que não se encaixam na região delimitada façam uso de uma mesma Indicação. As IGs, que antes eram presentes somente na Europa, agora já atingem o Brasil que possui dois grandes registros: o vinho do Vale dos Vinhedos, RS e o café das Minas Gerais. Segundo o INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial – (2010), no Maranhão encontram-se possíveis registros futuros para IGs na farinha, cachaça, produtos das quebradeiras de coco e doces de espécie. A área estudada do proposto projeto compreende algumas comunidades situadas no entorno das microbacias Saco, Codozinho e Itapecuru de Codó – MA. O estudo visará a possível identificação georreferenciada de áreas produtivas com um potencial produtivo de caráter exclusivo da região abordada permitindo assim a agregação de valores econômicos e promovendo o desenvolvimento sustentável das comunidades rurais da área. Nas áreas citadas anteriormente já foram e ainda vêm sendo identificados possíveis potenciais que poderão servir para as futuras Indicações que delimitarão a área que a(s) gerou.

Texto completo: PDF