Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Indicadores naturais ácido-base a partir de extração alcoólica dos pigmentos das flores Hibiscus rosa-sinensis e Iroxa chinensi, utilizando materiais alternativos
Luis Guilherme Vidal dos Santos, Lucas Bonfim Rodrigues, Tainá Oliveira Sousa, Pollyana Gabrielle Lima

Última alteração: 2012-10-21

Resumo


Indicadores ácido-base são substâncias usadas comumente em um laboratório didático, que, apresentam a capacidade de mudar de cor na presença de um ácido (grupo H+), ou de uma base (grupo OH-). O uso de indicadores tem uma gama de aplicações no contexto da química, que vão desde a identificação do pH à prevenção de acidentes. Visando uma maior acessibilidade ao uso de indicadores, pensou-se nesta pesquisa como uma forma de mostrar a simplicidade que há no complexo ensino de química. A extração de pigmentos pela via alcoólica é a mais eficiente, pois fornece uma maior distinção da variação de cores do meio, quando acrescidos os indicadores. Esta se constituiu da maceração das pétalas de flores em álcool etílico comercial. Os extratos preparados a partir das espécies de flores estudadas, Hibiscus rosa-sinensis e Iroxa chinensi, mostraram ser bons recursos didáticos no ensino de química, por serem indicadores ácido-base naturais eficazes e de fácil e acessível obtenção. De inicio, os resultados obtidos nos testes realizados com soluções preparadas com componentes alternativos, conferiram um padrão de cores distintas, e de fácil diferenciação, para determinação da característica ácida, básica ou neutra, de uma determinada solução. A Hibiscus rosa-sinensis em meio ácido muda a coloração do meio para vermelho, em básico para verde, e em neutro para violeta. Já a Iroxa chinensi em meio ácido muda a coloração do meio para alaranjado (próximo do vermelho), em básico para verde, e em meio neutro para salmão. Dessa forma os extratos obtidos a partir destas espécies podem ser usados como forma de determinar a condição ácida, básica ou neutra de soluções, como um novo e alternativo recurso didático no ensino de química.

Texto completo: PDF