Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
INCLUINDO ALUNOS COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA (DA), NO ENSINO DA FÍSICA, ATRAVÉS DA EXPERIMENTAÇÃO DE BAIXO CUSTO.
Jaqueline Jurema da Silva, Weimar Silva Castilho

Última alteração: 2012-08-29

Resumo


De acordo com pesquisas realizadas, tem-se observado que no Brasil não há muitas pesquisas voltadas para a inclusão, principalmente no que diz respeito à inclusão de pessoas com deficiência auditiva, pouco se é falado, ou a menos não há muitas publicações a respeito da mesma. Portanto todo trabalho realizado neste âmbito é de grande valia, no que diz respeito a inclusão, para uma melhor abordagem da mesma em sala de aula.

Com este trabalho tem-se o foco de realizar um trabalho de inclusão de alunos com deficiência auditiva (DA), no ensino da Física, onde será trabalhada a experimentação, voltada a utilização de materiais de baixo custo, por ser uma metodologia alternativa, que vem dando bons resultados na escola, CEM- Santa Rita de Cássia, uma escola publica, localizada em Palmas- TO. Por meio desta ferramenta pedagógica, pretende-se iniciar um processo de inclusão destes alunos no ensino da Física, por ser a experimentação algo bem observacional, e principalmente pelo fato, de que as pessoas com DA, serem extremamente observativas.

 A realização deste trabalho será desenvolvida no decorrer dos estágios supervisionados, a qual será trabalhado a física para as turmas distintas de 1°, 2°e 3° ano do ensino médio. No decorrer do trabalho serão estudados os vários fenômenos da física de forma contextualizada de acordo com cada série, demonstrando cada conteúdo abordado em sala de aula, de acordo com os conteúdos programáticos da escola. Por tanto este trabalho, tem como foco a inclusão dos alunos com deficiência auditiva, no ensino da física, de cada classe de forma que a inclusão destes alunos seja de forma concreta e não meramente no papel, mas que haja realmente a inclusão dos mesmos e não uma exclusão.


Texto completo: PDF