Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Avaliação dos Atributos Sensoriais de Umbuzada (Spondias tuberosa Arruda Câmara)
Fernanda Fernandes Pinheiro Costa, Nataly Roberta Bezerra Santana, Joabis Nobre Martins, Luciana Façanha Marques, Rodrigo Araújo Soares

Última alteração: 2012-11-06

Resumo


O aproveitamento de muitos frutos tem sido uma alternativa viável para evitar o desperdício dos mesmos, bem como na agregação de valor por meio da produção de subprodutos. Objetivou-se, avaliar sensorialmente a umbuzada em diferentes formulações, por meio dos testes de aceitação e preferência. Os frutos de umbu foram colhidos no estádio 3 de maturação e higienizados. Do fruto foi produzida a polpa que foi utilizada em três diferentes formulações: na primeira formulação utilizou-se 50% de polpa de umbu e 50% de leite fluído (50:50) e 105g de açúcar, na segunda 25% de polpa de umbu, 75% de leite fluído (25:75) e 105g de açúcar e na terceira formulação utilizou-se 79% de polpa de umbu, 21% de leite fluído e 105g de açúcar. Para a avaliação sensorial, foi realizado o Teste de Aceitação e Preferência, utilizando 100 provadores não treinados de ambos os sexos, os quais avaliaram 5 atributos (cor, sabor, textura, aroma e aceitação global). Os dados sensoriais foram submetidos à análise de variância ANOVA, sendo realizado o teste de Tukey para comparação entre as médias, ao nível de 5% de significância. De acordo com os resultados, a amostra (25:75) foi a de maior preferência pelos provadores em relação às demais, tornando uma alternativa de utilização da fruta na alimentação.

Texto completo: PDF