Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
DETERMINAÇÃO DA ACIDEZ DE LEITE DE VACA COMERCIALIZADO EM BOM JARDIM-MA
Débora Araújo Gama, Jessyca Conceição de Medeiros, Antônio Wilson Santos de Alcantara, Wirlem Silva Alves, Bruno Pereira de Oliveira, José Sebastião Cidreira Vieira

Última alteração: 2012-08-27

Resumo


O leite é um alimento básico para as crianças e um complemento indispensável à dieta dos adultos. Ele cobre todas as necessidades nutritivas do ser humano e contêm todos os nutrientes básicos e biocatalisadores necessários à manutenção das funções vitais. O controle de qualidade higiênica do leite deve ser realizado por métodos adequados e seguros que permitam controlar, com rapidez e precisão, todo o leite que chega á plataforma de recepção da usina ou indústria ou mesmo na fonte de produção. Os testes empregados atualmente garantem um melhor controle de produção e minimizam dessa forma, as perdas resultantes da acidificação precoce do leite. O teste da acidez é uma das determinações mais comumente usadas em controle de qualidade de leite e seus derivados. Ao sair do úbere, o leite apresenta-se ligeiramente ácido, em face de alguns componentes como proteínas, fosfatos e citratos. Da ordenha ao consumo ocorre uma tendência de aumento de acidez, proveniente do desdobramento da lactose em ácidos. O objetivo deste trabalho foi investigar o índice de acidez de leite de vaca, produzido e comercializado informalmente no município de Bom Jardim - MA e comparar os resultados obtidos com os parâmetros especificados pela legislação em vigor. Os resultados obtidos revelaram que o índice de acidez do leite analisado está acima do permitido para consumo humano e que as fontes de produção necessitam urgentemente de adequação para garantir um produto que atenda as necessidades do consumidor.


Texto completo: PDF