Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Determinação do estado trófico de um reservatório urbano
Fernando Bezerra Lopes, Ana Célia Maia Meireles, Ana Gabriele Costa Sales, Maria Monaliza de Sales, Eunice Maia de Andrade, Helena Becker

Última alteração: 2012-10-19

Resumo


O índice do estado trófico (IET) tem por finalidade classificar corpos d'água em diferentes graus de trofia, ou seja, avaliar a qualidade da água quanto ao enriquecimento por nutrientes e seu efeito, relacionado ao crescimento excessivo das algas ou ao aumento de infestação de macrófitas aquáticas. Objetivou-se com esta pesquisa determinar o Índice do Estado Trófico – IET em um reservatório urbano, localizado no Campus do Pici, Fortaleza, Ceará. Foram coletadas 16 amostras de água ao longo do reservatório Santo Anastácio e os parâmetros determinado foram as concentrações de clorofila-a e transparência do disco de secchi. Foram calculados os IET de Calson, IET de Calson modificado por Toledo e o modificado por Lamparelli. A transparência do disco de Secchi apresentou valor máximo de 0,33 m e mínimo de 0,23 m. O açude apresenta alta concentração de Clorofila-a. De acordo com o índice do estado trófico usando (indice de Calson) todos os pontos são classificados como hipereutrófico. já pela metodologia modificada por Toledo apenas os pontos 3, 6, 12, 13, 14 e 15 são classificados como hipereutrófico e os demais pontos foram classificados como eutrófico. Aplicando a metodologia modificada por Lamparelli apenas o ponto 1 é classificado como eutrófico e os demais pontos foram classificados como hipereutrófico. Tais resultados expressam o um avançado estado de eutrofização do açude.


Texto completo: PDF