Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Germinação e índice de velocidade de germinação de sementes de pau-rainha
Terezinha Ferreira Xavier, André Suêldo Tavares de lima, Daniel Januario Barroso

Última alteração: 2012-12-13

Resumo


O pau rainha (Centrolobium paraense) pertence à família botânica Leguminosae, é uma espécie heliófita, que necessita de exposição à luz solar para realizar os eventos do ciclo reprodutivo. Suas sementes são recoberta por um tegumento lenhoso (fruto) que pode funcionar como barreira à passagem de água retardando a germinação das sementes, resultando em germinação e desenvolvimento inicial de mudas desuniforme. Portanto, este trabalho teve como objetivo avaliar a germinação e índice de velocidade de emergência de sementes de pau-rainha submetido a diferentes tempos de exposição ao fogo. Os tratamentos testados foram 4 tempos de exposição ao fogo : T1- queima do fruto por 3 minuto; T2- queima do fruto por 6 minuto; T3 - queima do fruto por 9 minuto; T4 - queima do fruto por 12 minuto e uma testemunha (fruto sem tratamento). Verificou-se que a exposição do fruto ao fogo por seis minutos interferiu negativamente na germinação das sementes, e tempos superiores a seis minutos de exposição ao fogo resultou na morte dos embriões das sementes. O tratamento submetido a exposição ao fogo por três minutos foi superior ao tratamento submetido a exposição ao fogo por seis minutos. A exposição dos frutos ao fogo por seis minutos reduziu a germinação e o índice de velocidade de germinação de sementes de pau-rainha, e tempos de exposição ao fogo superiores a seis minutos promoveu a morte dos embriões das sementes.


Texto completo: PDF