Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Educação Ambiental para Sustentabilidade: uma experiência na Escola Estadual Presidente Café Filho em Natal – RN
Joana Maria Santana Torres, Fernanda Gracielly Santos da Silva, Mizziara Marlen Matias de Paiva, Samir Cristino de Souza

Última alteração: 2012-08-23

Resumo


Desde a segunda metade do século XX a temática ambiental é o principal tema abordado nas escolas, comunidades, igrejas e nos mais diversos setores, ganhando o destaque na mídia através de vários desastres ambientais que acarretam em problemas de ordem social, política, econômica, cultural e ecológica. Estes desastres refletem a administração mal orientada de diversos países, e somados resultam na crise ambiental atual cuja solução faz dependente a sustentabilidade do planeta e a vida das gerações futuras. A partir daí, devemos refinar a nossa percepção para as condições e pré-requisitos ecológicos que sustentam as mais diversas formas de vida. Com isto torna-se necessário uma educação para a vida em uma sociedade sustentável que pressuponha a compreensão da essência e da importância da vida de todas as criaturas existentes. Para a realização dessa educação é preciso religar desde já as práticas de amor à vida para se construir um futuro sustentável. Em outras palavras, a educação ambiental para sustentabilidade, baseada em atividades transdisciplinares, que integrem conhecimentos cognitivos, emoção, ação, convivência que facilitem a formação de redes de intercâmbios e interações é o caminho mais fácil para a construção de uma sociedade melhor. Este artigo foi desenvolvido com base em uma experiência realizada na Escola Estadual Presidente Café Filho, em Natal, no Rio Grande do Norte e em referenciais bibliográficos, objetivando a reflexão acerca da importância da educação ambiental para sustentabilidade na formação de professores e alunos das escolas do ensino fundamental, além de contribuir para a formação de cidadãos conscientes que almejem a sustentabilidade ambiental e contribuam para a construção de uma cultura de paz voltada para o desenvolvimento humano em uma sociedade planetária.

 


Texto completo: PDF