Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Conhecimento adquirido por alunos do ensino público a partir de palestras sobre zoonoses na região Oeste do Rio Grande do Norte
Jaqueline Cardoso Souza, Jéssica Karla Góis, Lamoniele Mayara Oliveira Costa, Faviano Ricelli da Costa Moreira

Última alteração: 2012-10-17

Resumo


O trabalho objetivou avaliar o nível de conhecimento de alunos da rede pública de ensino de Apodi, Felipe Guerra e Severiano Melo-RN sobre algumas Zoonoses. O trabalho foi desenvolvido entre setembro e novembro/2011, onde 396 alunos de 13 escolas participaram da pesquisa através das respostas de questionários, os quais foram aplicados antes e após palestras realizadas sobre o conceito de zoonoses, verminose e toxoplasmose. Os principais resultados foram que antes das palestras 20,8% dos alunos conheciam o significado de Zoonoses, e após as palestras esse percentual passou para 88,3%. Com respeito à relação entre andar descalço e a transmissão de verminose, antes das palestras 91,8% sabiam dessa relação e após as palestras esse percentual foi 100%. A relação entre roer unhas e a transmissão de verminose também foi avaliada, onde antes das palestras 88,9% conheciam essa relação e após as palestras o índice diminuiu para 72,7%. Foi mensurado o conhecimento sobre a transmissão de vermes dos animais para os homens, nesse quesito, antes das palestras 86,5% conheciam a possibilidade e após as palestras 87,9% afirmaram ser possível a transmissão. Quanto à transmissão de doenças pelas fezes dos gatos, antes das palestras 91,1% sabiam que podiam se contaminar, todavia apenas 1,9% souberam que a Toxoplasmose era a principal doença transmissível. Após as palestras, 94,2% dos alunos sabiam que as fezes dos felinos podem causar doenças e desses 57,8% responderam que a Toxoplasmose era a doença que podia ser transmitida. Dessa forma, conclui-se que as palestras são ferramentas importantes na passagem do conhecimento, todavia ainda há a necessidade de trabalhos educativos sobre zoonoses com os jovens, para que os mesmos atuem como multiplicadores do conhecimento.

Texto completo: PDF