Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Análises físico-químicas e microbiológicas em suco de caju produzido a partir da polpa da fruta, adicionado de polissacarídeo de Tamarindus indica
Maria Izamara de Jesus Norte, Gabriela Silva Bezerra, Lorena Galdino da franca, Andréa Kércia Silva, Germana Conrado de Souza, Renata Chastinet Braga

Última alteração: 2012-10-17

Resumo


Polissacarídeos naturais podem ser utilizados como espessantes, estabilizantes e geleificantes. Estes polissacarídeos são facilmente obtidos a partir de sementes do semi-árido, apresentam baixo custo e biodegradabilidade. A utilização de polissacarídeos provenientes das sementes de Tamarindus indica é largamente aplicado em alimentos no Japão, mas ainda não é utilizado no Brasil. Este trabalho teve como objetivo observar se a presença de polissacarídeos de T.indica interferiria nos °Brix, pH, estabilidade e qualidade microbiológica do suco de caju produzido apartir da polpa da fruta. Pode-se observar que a presença do polissacarídeo não interferiu de forma relevante no pH e nos °Brix do suco ao longo dos dias. Observou-se também que a presença do polissacarídeo no suco ajudou a estabilizá-lo, impedindo que o mesmo formasse fases durante os primeiros dias de análises. Quanto à análise de coliformes nenhuma amostra do suco que foi testada apresentou a presença de coliformes termotolerantes.

 


Texto completo: PDF