Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Avaliação biométrica e dos teores de boro na cultura do girassol sob influência de doses de boro, em condições de campo, na região da Chapada do Apodi – CE
Natanael Santiago Pereira, Cristiane Aires Celedonio, Arilene Franklin Chaves, Francisco Telmo Pinheiro Barreto, Arlan James Freire de Oliveira, Maria Luiza Lima Ferreira Peixoto

Última alteração: 2012-10-19

Resumo


O objetivo com este trabalho foi avaliar a influência da adubação borácica na cultura do girassol, sob diferentes doses do nutriente, em condições de campo, para o estabelecimento do nível ótimo do nutriente, nas condições edafoclimáticas da região do Agropólo Jaguaribe-Apodi, CE.  O delineamento utilizado foi em blocos inteiramente casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos testados, corresponderam a cinco doses de boro (B) (0; 2, 4, 6 e 8 kg ha-1), na forma de ácido bórico (H3BO3). O cultivar utilizado foi o Embrapa 122, sendo o plantio realizado manualmente e, após o estabelecimento das plantas, foi efetuado o desbaste deixando-se 5 (cinco) plantas por metro (50.000 plantas ha-1).  Por ocasião do florescimento, foram avaliadas as seguintes características biométricas: número de folhas por planta; altura de plantas (medida do nível do solo até a altura da inserção do capítulo; e diâmetro do caule à altura de 5,0 cm. Também foi realizada amostragem foliar, para análise química de B. Não se observou diferenças entre as doses de B para nenhuma das características biométricas avaliadas. Os valores médios de altura (cm), diâmetro (mm) e número de folhas foram de 181,57; 19,53 e 24,65, respectivamente. 

Texto completo: PDF