Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Dificuldade dos alunos de Ensino Médio na resolução das questões do Enem
Sunny Karelly Silva de Freitas, Francisca Gleiciane Eloi da Silva, Laécio Nobre de Macêdo

Última alteração: 2012-09-10

Resumo


Esta pesquisa foi realizada com o objetivo de identificar as principais dificuldades dos alunos de Ensino Médio, especificamente, alunos do pré-vestibular, em resolver questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que são apresentadas na sala de aula em forma de exercícios, discussões ou aplicações em provas, e medir o interesse desses alunos no preparo para o Exame. O Enem tem sido a nova opção pela qual os estudantes de Ensino Médio podem ingressar num curso de nível superior. Atualmente, há muitas oportunidades de cursos em todo o Brasil, em Instituições públicas e/ou privadas. Contudo, a preparação para o Exame não tem sido satisfatória em todo o país. As escolas de ensino público não têm a mesma preparação que as escolas privadas para o Exame. Consequentemente, os alunos das escolas públicas têm maiores dificuldades em resolver as questões aplicadas no Enem, uma vez que estas são extensas e têm contexto interdisciplinar, envolvendo muitas áreas do conhecimento. Embora seja uma nova forma de aderir ao ensino superior, o Novo Enem não tem sido suficiente para avaliar o Ensino Médio brasileiro; há divergências nos resultados obtidos anualmente, com índices baixos de pontuação, consequência do despreparo nas escolas. Para uma análise geral a respeito do assunto, foi feito um questionário com oito (08) perguntas onde cada um dos 30 pré-universitários de escolas de ensino público e particular de Quixadá, com idade entre 17 e 19 anos, declarou suas dúvidas, dificuldades e críticas a este exame nacional. A partir dos resultados desta pesquisa, verificou-se que 26% não têm dúvidas em resolver questões do Enem, enquanto 74% afirmaram sua deficiência; porém, todos os entrevistados disseram ser importante o trabalho com questões do Enem na sala de aula, mesmo não sendo a favor do tamanho das questões e com dificuldades em interpretá-las, pelo contexto interdisciplinar que cada uma expõe.


Texto completo: PDF