Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DA PERCEPÇÃO AMBIENTAL DA SOCIEDADE DE MORAÚJO-CEARÁ, FRENTE ÀS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DO MUNICÍPIO.
Francisco Bruno Monte Gomes, Eliel Albuquerque Aguiar, Érika da Silva Azevedo, Antonia Flávia Parente da Ponte

Última alteração: 2012-10-18

Resumo


A qualidade de vida das populações depende do acesso aos bens necessários à sua sobrevivência. Entre as ferramentas para a manutenção da saúde e qualidade de vida está o saneamento ambiental. A água potável, assim como a coleta de esgoto, tem fundamental importância para a diminuição do índice de doenças como, por exemplo, a mortalidade infantil. Evitam a disseminação de doenças vinculadas às más condições sanitárias e de saúde. Esses itens são igualmente importantes quando nos referimos ao aumento da expectativa de vida da população. Diante deste contexto, o presente estudo objetivou avaliar a percepção ambiental dos habitantes da cidade de Moraújo-Ceará e apresentar as condições ambientais da localidade referentes às ações direcionadas para o saneamento ambiental. Os resultados mostraram que 86,7% dos entrevistados estão satisfeitos com o sistema de abastecimento de água existente, já 63,3% se mostram insatisfeitos com o sistema de esgotamento sanitário, que na localidade, é inexistente. Com relação aos resíduos sólidos 56,7% não demonstram satisfação com esse serviço. Com a análise de campo mostra-se que a cidade necessita melhorar muito na oferta dos serviços de saneamento básico para a população, tendo em vista, que os principais resultados dos questionários mencionados anteriormente revelam a mesma situação. A sociedade percebe essas deficiências nos referidos serviços e busca sempre argumentar sobre essas situações. Portanto, o estudo alcançou os objetivos pretendidos.

 


Texto completo: PDF