Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
A PRÁTICA DA PESCA ARTESANAL EM MOCAJITUBA - PAÇO DO LUMIAR, MARANHÃO
Clarissa Pinto Boullosa, Camila Ribeiro Bittencourt, Renato Pereira Ribeiro, Clarissa Lobato da Costa, Isabela Vieira dos Santos Mendonça

Última alteração: 2012-10-16

Resumo


As pescarias artesanais, tanto costeiras como fluviais, fornecem alimentos e emprego para muitas pessoas, especialmente nos países tropicais e em desenvolvimento, onde geralmente a maioria do pescado consumido é capturado por pescadores artesanais. Aspectos como o tamanho mínimo da captura, incidência do esforço de pesca sobre poucas espécies de peixes, atuação da pesca em locais de reprodução, evolução do poder de pesca, apetrechos de pesca utilizados, conflitos de uso e declínio do recurso explorado, são alguns itens fundamentais para a caracterização do cenário atual, avaliação da sustentabilidade da atividade pesqueira e subsídios para a elaboração de planos de manejos. A área de estudo é o município de Paço do Lumiar, com uma população é de 104.881 habitantes. O município tem como uma de suas principais atividades a pesca artesanal. Na localidade existe uma Colônia, que contribui na organização da atividade na região, além de um Sindicato dos Trabalhadores na Pesca Artesanal e Aquicultura, vinculado à Secretaria de Produção e Abastecimento. O presente estudo foi realizado desde setembro até o mês de julho onde foram aplicados 39 questionários, de linguagem simples, no município de Paço do Lumiar. Os pescadores (4 mulheres e 35 homens) eram maiores de 18 anos, dentre os mais recentes e os mais antigos na região. Posteriormente foi feita a comparação das respostas e análise dos dados, além do levantamento bibliográfico com objetivo de subsidiar informações para a realização do trabalho.  Este artigo tem como objetivo geral caracterizar a pesca artesanal, em Paço do Lumiar, enfocando a utilização dos recursos pesqueiros pelos pescadores artesanais, bem como as relações existentes na cadeia produtiva da pesca.


Texto completo: PDF