Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
UTILIZAÇÃO DE SUPLEMENTO ALIMENTAR POR FREQUENTADORES DE ACADEMIAS DE LIMOEIRO DO NORTE-CE
Mônica de Oliveira Maia, Maria Cristiélia de Oliveira Dias, Monique de Oliveira Maia, Lorena Galdino da Franca, Janete Lana da Silva, Ana Erbênia Pereira Mendes

Última alteração: 2012-07-24

Resumo


A suplementação alimentar tem sido cada vez mais utilizada pelos frequentadores de academias, entretanto, a maioria não possui conhecimento suficiente acerca desses produtos, começando, muitas vezes, a utilizá-los por iniciativa própria, indicação de amigos ou de instrutores de academias. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi verificar o uso de suplementos alimentares por frequentadores de academias de Limoeiro do Norte-CE. Foi aplicado um questionário a 60 frequentadores, de ambos os gêneros, com faixa etária de 13 a 51 anos, os quais foram abordados aleatoriamente em três academias de Limoeiro do Norte-CE. Dos 60 participantes do estudo, 63% eram do sexo masculino, e 37% do sexo feminino. Metade dos entrevistados possuía ensino médio e 55% frequentava a academia cinco vezes por semana. Verificou-se a não utilização de suplementos por 58% dos entrevistados e, entre os que faziam o uso (42%), os produtos mais citados foram os formulados à base de aminoácidos e proteínas. Os motivos mais referidos para a utilização de suplementos foram a otimização dos resultados (28%) e o aumento da energia, performance atlética (24%). Observou-se que 36% começaram a utilizar suplementos por iniciativa própria, porém 20% recebeu a orientação de um nutricionista antes de iniciar o uso. Pouco mais da metade (52%) dos frequentadores estava obtendo os resultados desejados com o uso do suplemento. Dos frequentadores que não utilizavam suplementos, 51% não o faziam  por não considerar necessário, e entre aqueles que já utilizaram, 41% interromperam o uso em razão do aparecimento de efeitos colaterais. Concluiu-se que é crescente a procura por suplementos por frequentadores de academias, sem a indicação de um profissional qualificado. Ficando clara a necessidade de novos estudos e orientações acerca dos benefícios e efeitos desses produtos, a fim de garantir a segurança na sua utilização.


Texto completo: PDF