Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL: AVALIAÇÃO DA ABORDAGEM NÃO FORMAL NA ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR BENJAMIM SOARES DE CARVALHO TERESINA - PI.
simone panis, Míriam Araújo de Oliveira, Maryanne Vaz Verçoze, Jacqueline Santos Brito

Última alteração: 2012-10-17

Resumo


A temática ambiental tem sido discutida com muita frequência atualmente em todos os ambientes, inclusive no escolar. No entanto é preciso avaliar como, essa temática é abordada nas escolas e quais os resultados alcançados a partir de práticas de educação ambiental não formal. Dessa forma o presente trabalho tem por objetivo avaliar a percepção ambiental dos alunos antes e depois, da realização de um trabalho prático de educação ambiental não formal e especificamente averiguar as iniciativas de educação ambiental não formal, a partir da ótica dos alunos, como também verificar que abordagens repercutem positivamente entre eles. O estudo de caso foi realizado na Escola Municipal Benjamim Soares de Carvalho, com o auxilio do método quali-quantitativo, e aplicação de questionários aos alunos envolvidos na atividade.  Com base nos resultados obtidos na pesquisa observou-se que a educação ambiental não formal sozinha não é capaz de fornecer toda a base de fundamentação necessária a um projeto de formação de consciência ambiental. Consideramos que a mesma pesquisa mostrou a necessária sinergia de todas as formas de educação ambiental (formal e não formal) para que o processo educacional, alcance suas metas.


Texto completo: PDF