Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Desenvolvimento de software de simulação Monte Carlo para auxiliar no estudo da propagação de doenças infecciosas
João Batista Dos santos Filho, Tatiana Santos de Araujo Batista, Tatiana Santos de Araujo Batista, José Carlos Rodrigues, José Carlos Rodrigues, Julieth Souza Rodrigues

Última alteração: 2012-08-29

Resumo


: Nesse trabalho foi desenvolvido um modelo para o estudo da propagação de doenças em plantas que incorpora também a distribuição espacial das plantações. O modelo é baseado em um conjunto de redes regulares conectadas entre si com uma topologia qualquer. Dentro de uma mesma rede um indivíduo se contamina por contato com seus primeiros vizinhos. Redes conectadas trocam indivíduos entre si, ou seja, o indivíduo em uma rede passa para a outra rede com uma probabilidade baseada nas distâncias entre as redes. Caso o número de indivíduos contaminados em uma rede atinja um determinado valor a rede é descontada das outras simulando um estado de quarentena. Os resultados mostraram que a eficácia da quarentena no controle de uma edemia depende da sua instauração no início do evento epidêmico.


Texto completo: PDF