Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Os carbonatos e bicarbonatos nas águas subterrâneas de Crateús-CE
Helena Gomes Loiola

Última alteração: 2012-07-08

Resumo


Por estar localizada em plena região do semiárido cearense, a população da cidade de Crateús, principalmente a rural, enfrenta problemas graves em relação à escassez de água, trazendo-lhe enormes prejuízos e sofrimentos. Mais agravante ainda é o problema da completa falta de conhecimento dessa população sobre a qualidade desse recurso tão essencial à vida. Este trabalho teve por objetivo estudar o comportamento de alguns parâmetros hidroquímicos e sua influência na qualidade das águas utilizadas pela população do município de Crateús. Para isso, foram analisados mensalmente, durante um ano, o pH e a concentração dos íons carbonato (CO32-) e bicarbonato (HCO3-) em 08 (oito) amostras de águas coletadas em 08 (oito) poços da cidade. Os resultados das análises permitiram também avaliar o comportamento sazonal dos parâmetros hidroquímicos determinados ao longo de um ano. As análises físico-químicas mensais indicaram que essas águas têm características peculiares que limitam sua utilização. Um fato surpreendente foi a detecção, em todas as amostras, do íon carbonato. No entanto, em 02 (duas) delas, este íon foi detectado poucas vezes durante o ano de trabalho, apresentando comportamento químico bem divergente do íon bicarbonato.


Texto completo: PDF