Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
COMPARATIVO DA UMIDADE DO SOLO DE DUAS MICROBACIAS COM DIFERENTES MANEJOS DA CAATINGA.
Francisco Emanoel Gomes, Helba Aráujo Palácio, José Ribeiro Araújo, Eunice Maia Adrade, Paulilo Brasil, Rafael Rodrigues

Última alteração: 2012-09-10

Resumo


Resumo: Objetivou-se com esse trabalho, verificar a variação da umidade entre duas microbacias com manejos distintos. Uma com o manejo de raleamento da mata nativa (raleada) e outra com manejo de conservação da mata natural (natural). A área de estudo está localizada no Semiárido Cearense, na sub-bacia do Alto Jaguaribe, na área experimental pertencente ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), Campus Iguatu. Nota-se que, no primeiro ano do raleamento os valores de umidade apresentam pouca diferença comparando com o manejo natural, já nos anos seguintes houve um aumento na diferença de umidade. Enquanto no ano de 2010 a diferença era de 3,18%, nos anos de 2011 e 2012 constataram-se diferenças de 8,85% e 15,71%, respectivamente. Concluiu-se que dos manejos avaliados, o raleado mostrou maior conservação da umidade do que o manejo natural.


Texto completo: PDF