Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Os benefícios da arquitetura bioclimática no conforto e na economia energética
José Silva, Karina Ratkievicius, Kenya Silva, Laísla Bezerra, Marcos Carvalho, Samuel Melo

Última alteração: 2012-08-18

Resumo


A utilização de energia elétrica em massa vem sendo um dos grandes fatores geradores não somente dos problemas ambientais, mas também financeiros. Isso se revelou em evidência com a utilização de aparatos eletrônicos que consomem quantidades elevadas de energia elétrica e que não apresentam a capacidade esperada em edificações não projetadas adequadamente conforme o clima onde o espaço geográfico não propicia o aproveitamento dos fatores ambientais na obtenção do conforto térmico dos ocupantes. Em função disso, a arquitetura bioclimática utiliza elementos arquitetônicos para aquisição de bem-estar e busca a otimização do uso dos recursos naturais, baseando-se em quatro princípios básicos: criação de espaços em ambiente saudável para os moradores e usuários; eficiência energética e consideração do ciclo de vida da estrutura edificada; minimização de desperdícios e uso de fontes renováveis de energia e materiais que não agridam o meio ambiente.
Portanto, a arquitetura bioclimática surgiu como alternativa para o conforto térmico, através da aplicação de seus métodos, construímos projetos arquitetônicos inteligentes e ecologicamente corretos; tendo em vista a especificidade climática, evitando ao máximo o consumo de energia elétrica, diminuindo assim os  gastos e proporcionando um ambiente mais confortável e funcional aos seus ocupantes.


Texto completo: PDF