Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Influência do processo de cura em concreto convencional em seis idades
HUGO ALESSANDRO ALMEIDA DINIZ, SAMUEL SILVA DE OLIVEIRA, ANDRESSA VARELA, VALTENCIR GOMES, JANIELE ALVES

Última alteração: 2012-08-08

Resumo


A cura é uma das principais etapas na execução do concreto e tem participação direta no desenvolvimento do processo de hidratação da pasta de cimento vedando o concreto, mantendo a água de amassamento no seu interior, evitando a retração e o transporte de substancias que poderão interferir na hidratação. Este artigo visa compreender a influência do processo de cura por imersão, analisando comparativamente os resultados dos testes de resistência à compressão entre corpos-de-prova expostos à cura ao ar livre (referência), e à cura por imersão. O processo referencial foi escolhido por ser o padrão nas peças estruturais de concreto armado. Os resultados não só confirmaram a importância do processo de cura como revelaram dados bastante cofiáveis, dado o rigor da pesquisa. Os corpos-de-prova foram analisados em um período total de 70 (setenta) dias, sendo rompidos em seis idades distintas, simulando as datas de atividades próprias de um canteiro de obras referentes ao tratamento do concreto, a exemplo da desfôrma. Na primeira data de rompimento (aos três dias) não foi constatado aumento relevante em relação ao referencial devido ao pouco tempo de exposição, porém, pôde-se observar uma discrepância nos resultados, de 1% a 23%, individualmente, na medida em que a idade avançava. Concluiu-se, por fim, que este procedimento influencia em média de 14% no ganho de resistência. O resultado obtido já era esperado, porém com menor variação, e mostrou a fundamental importância do processo de cura ser rigorosamente realizado em obra, no intuito do concreto adquirir máxima resistência e também para a compatibilidade de resultados entre a resistência real do concreto, na peça estrutural, e a resistência obtida no controle tecnológico, visto que atualmente a cura não é realizada de forma correta nas obras. 

Texto completo: PDF