Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Justiça às avessas: Uma aplicação da Teoria da Equidade em sala de aula
Thelma Maria Franco Rabelo Araújo Pereira, Zacarias Felipe de Moura Lima, André Yves Gouveia Costa dos Santos, João Batista dos Santos Araújo, Túlio Caio Chaves Lima

Última alteração: 2012-10-17

Resumo


O estudo da motivação humana é um tema recorrente nos conteúdos programáticos das disciplinas de Psicologia e Administração de vários cursos de nível médio e superior no Brasil. É um dos assuntos mais fascinantes do comportamento organizacional, e que continua a instigar os pesquisadores a tentar compreender o que energiza e dirige o comportamento humano e – principalmente – o que o mantém, ao longo do tempo. Entender como as pessoas se mantêm motivadas para o trabalho e o que deve ser feito para influenciar seu desempenho tem sido prioridade em ações gerenciais e nos programas de desenvolvimento organizacional. Porém, tratando-se do universo educacional, qual deve ser a postura do professor junto aos alunos, para despertar-lhes o interesse pelo estudo do tema? Como ele pode atuar para envolvê-los e atraí-los a adentrar nas inúmeras teorias e facetas que regem as forças motivacionais? O objetivo deste artigo é descrever a metodologia utilizada no estudo da motivação junto aos alunos do segundo período do curso técnico de Segurança do Trabalho do IFRN/Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, na disciplina de Psicologia Geral. A finalidade da metodologia utilizada foi proporcionar a apropriação dos conceitos e premissas de algumas teorias motivacionais, através da vivência de dinâmicas de grupo criadas e aplicadas pelos próprios alunos, em sala de aula. Os alunos apresentaram seminários e criaram técnicas de dinâmica de grupo abrangendo quatro importantes teorias motivacionais. Neste artigo, será dado destaque à apresentação de uma técnica, criada pelos alunos, que confirmou e validou os principais conceitos da Teoria da Equidade, de Stacy Adams. Conclui-se pela pertinência da continuidade desta metodologia no estudo da motivação, considerando as inúmeras possibilidades criativas apresentadas pelos alunos, o que vem confirmar a eficácia das práticas de dinâmica de grupo como importantes ferramentas de facilitação da construção do conhecimento. 

 


Texto completo: PDF