Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
A percepção de alunos do ensino médio sobre a biodiversidade da avifauna amazônica em Abaetetuba-PA
Rafael Barreto Lima

Última alteração: 2012-08-20

Resumo


Com o intuito de estudar a relação do homem com as aves, neste trabalho pretendeu-se conhecer a percepção dos alunos de ensino médio em relação à biodiversidade da avifauna de sua região e a partir deste diagnóstico sugerir práticas pedagógicas e atividades de educação e percepção ambiental. A pesquisa foi realizada através da aplicação de um questionário de múltipla escolha para alunos do ensino médio do IFPA campus Abaetetuba, contendo perguntas diversas sobre o conhecimento da avifauna. Foram entrevistados um total de 104 alunos e os dados coletados foram organizados em uma planilha no programa Excel, para analisar as frequências absolutas, a porcentagem das respostas e elaboração dos gráficos. Mais da metade dos alunos entrevistados (64%) disse prestar atenção ao canto das aves e 84% dizem saber o nome de pássaros da região. Porém, ao pedir para escreverem os nomes das aves, a maioria dos alunos citou nomes de aves urbanas e/ou domésticas. Mais de 77% dos alunos disseram que o local mais comum para observar aves é na natureza, embora quando perguntados sobre o local em que observam aves, foram citados ambientes urbanos. Apesar da maioria afirmar que não faz domesticação de aves, 90% dos alunos conhece alguém que possui aves em casa e 72% é a favor da criação de algumas espécies em cativeiro. Os resultados demonstraram que os alunos conhecem pouco sobre as aves da região. Com base nos resultados desta pesquisa preliminar, pretende-se desenvolver métodos e materiais educativos para que os alunos conheçam melhor as aves de sua região e a partir daí conservar esses ecossistemas.  Como sugestão, indicamos a execução de aulas exploratórias para observação da avifauna no entorno e na própria instituição, para identificação das espécies e a produção de material didático.


Texto completo: PDF