Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Biomonitoramento da qualidade de água no rio Poxim Açu, São Cristóvão, Sergipe
Amanda Vaz de Souza Oliveira, Clezyane Correia Araujo, Thiago Péricles Bispo Pereira, José Oliveira Dantas

Última alteração: 2012-08-30

Resumo


A contaminação da água é um problema de saúde, sejam para abastecimento humano ou produção de alimentos de qualidade, itens que influenciam diretamente na economia e na qualidade de vida. O monitoramento da qualidade da água através de bioindicadores é um procedimento rápido e de baixo custo. Insetos aquáticos são sensíveis a mudanças ambientais permitindo sua utilização como indicadores. O objetivo deste trabalho foi monitorar a qualidade de água de um trecho do rio Poxim Açu, São Cristóvão, Sergipe através dos insetos aquáticos e protocolo de avaliação rápida. O índice BMWP determina água critica e aceitável, respectivamente. Foram coletados 1.442 espécimes, pertencentes a 31 famílias distribuídas em cinco ordens. As ordens Odonata e Coleoptera apresentaram maior diversidade com 12 e 07 famílias respectivamente. As ordens Hemiptera (602 espécimes), Odonata (428), Ephemeroptera (334) foram as mais abundantes. O local foi considera do preservado através do Protocolo de Avaliação Rápida de integridade ambiental, possui mata ciliar conservada na maioria do trecho, pequenas áreas com perturbação antrópica. Os índices BMWP e EPT determinaram boa qualidade da água.

Texto completo: PDF