Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Inventário de emissões atmosféricas de atividades marítimas: etapa de aproximação no Porto de Salvador
Senhor Murilo Guedes

Última alteração: 2012-08-30

Resumo


A crescente capacidade do transporte hidroviário mundial na acomodação de volumes de cargas cada vez maiores despertou a necessidade de estudos sobre as emissões de poluentes atmosféricos oriundos destas atividades, uma vez que essa tendência acompanha o ritmo da poluição produzida por este tipo de fonte, prejudicando a qualidade do ar. Tais estudos visam, sobretudo, quantificar as emissões de fontes tanto estacionárias quanto móveis e servem como uma poderosa ferramenta de gestão ambiental. Os estudos realizados acerca das emissões de poluentes das atividades marinhas do Porto de Salvador no ano de 2010, foram apresentados sob a forma de um inventário parcial, baseado no modelo utilizado nos Estados Unidos (EUA), o bottom-up. Tal estudo visa quantificar o volume de poluentes lançados pelos navios e, para isso, adotou-se o procedimento sugerido pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (U.S. EPA), que dividiu em quatro etapas o modo de operação dos navios: atracação, aproximação, cruzeiro e operação. Foram quantificadas as emissões de monóxido de carbono, dióxido de enxofre, hidrocarbonetos, óxidos de nitrogênio e material particulado, referentes à etapa de aproximação dos navios ao Porto de Salvador no ano de 2010, onde os óxidos de nitrogênio apareceram como os maiores poluentes. Atualmente estão sendo quantificadas as emissões referentes à etapa de atracação destes navios. Pretende-se, posteriormente, quantificar os poluentes emitidos em todas as etapas citadas. Para o cálculo das emissões foram utilizados dados referentes a todo processo em estudo (tempo da operação, velocidade média, fatores de emissão dos poluentes) além de características específicas dos motores de cada navio. Por fim, as emissões serão apresentadas de maneira a revelar a contribuição das atividades do transporte marítimo para a poluição atmosférica na região metropolitana de Salvador.

Texto completo: PDF