Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Estudo da temperatura da transição de Fase do modelo de potts bidimensional
Wharley Costa Gomes, Sergio Murilo Braga, Fred Jorge Carvalho

Última alteração: 2012-08-31

Resumo


Este artigo é fruto de um trabalho que objetiva estudar a temperatura crítica da transição de fase do modelo de Potts q-estados bidimensional, em uma rede quadrada, como função do número de estados q, através da técnica de simulação de Monte Carlo. Para este fim, quantidades térmicas relevantes do presente modelo, tais como a magnetização por spin, a energia e a função de correlação, serão também analisadas para identificar as transições entre as fases ferromagnética e paramagnética presentes nos seus respectivos diagramas de fases. A dinâmica de evolução que usaremos para simular as flutuações térmicas e reproduzir o comportamento termodinâmico desse modelo será a bem conhecida dinâmica de Glauber, por ser satisfatória nas vizinhanças dos pontos nos diagramas de fases onde surgem os chamados fenômenos críticos. Para a estimativa da temperatura crítica da transição de fase, será feita também uma análise dos erros estatísticos, que são inerentes a própria complexidades de obtê-la nas transições de fases.

Texto completo: PDF