Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
IFS formando recursos humanos na área de Recursos Pesqueiros
Isabela Bacalhau Oliveira, José Milton Moreira Carriço, Mirela Assunção Simões, Romulo Augusto Canuto

Última alteração: 2012-10-17

Resumo


O Estado de Sergipe possui aproximadamente 163 km de linha litorânea, compreendendo seis ecossistemas aquáticos estuarinos, e dez municípios costeiros. Nessa área há pelo menos 90 localidades/comunidades atuando na pesca. Atualmente, a região vem sofrendo forte pressão sobre os recursos pesqueiros devido à sua sobrexploração, resultante principalmente da falta de oportunidade de emprego para a comunidade local, que vê na pesca ou coleta de mariscos sua principal fonte de renda. Verificando-se a importância deste setor, o IFS passou a ofertar cursos técnicos na área de recursos pesqueiros, primeiramente com o curso Técnico em Pesca modalidade PROEJA, ano de 2009, seguido pelo curso Técnico Subsequente em Recursos Pesqueiros no ano de 2012. O Técnico em Recursos Pesqueiros e/ou os profissionais correlatos são profissionais versáteis que desenvolvem em sua formação conhecimentos e saberes técnico-científicos, culturais, ambientais e sócio laborais, que lhe possibilitam atuar como prestador de serviços nas áreas de produção pesqueira e aquícola, planejamento e gestão dos recursos pesqueiros, ecologia e educação ambiental, controle da qualidade do pescado, gestão de empreendimentos aquícolas e de embarcações, terá conhecimento de oceanografia e meteorologia, navegação marinha e beneficiamento do pescado. Diante do potencial que Sergipe tem para ampliar sua produção pesqueira, somando-se ainda o fato de que existe uma demanda reprimida quanto ao consumo de pescado, devido ao déficit na oferta deste produto, fica patente a necessidade da formação de mão de obra qualificada para dar suporte no incremento da produção, estimulando e assessorando os empreendimentos nesta área. Deste modo, o IFS reconhecendo esta necessidade assume seu papel e contribui de forma efetiva para qualificação de mãe de obra.


Texto completo: PDF