Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
INIBIÇÃO DO DESEVOLVIMENTO MICROBIANO E ANTIFÚNGICO QUE CAUSAM DETERIORAÇÃO EM ALIMENTOS ATRAVÉS DA UTILIZAÇÃO DE ÓLEOS ESSENCIAIS
Samara Rodrigues Silva, Daniele Maria Alves Teixeira Sá, Antonia Ariana Camelo Passos

Última alteração: 2012-10-17

Resumo


Os óleos essenciais têm sido muito utilizados no preparo de alimentos em virtude do sabor e aroma diferenciado, proporcionando o aumento da vida de prateleira do produto, inibindo o crescimento de microrganismo indesejável e conseqüente deterioração dos alimentos.  Estes possuem atividade antibacteriana e antifúngica sendo extraídos de plantas aromáticas e medicinais.  Podem ser obtidos de diversas partes das plantas como: folhas, flores, sementes, raízes, cascas e tubérculos (TRAJANO, et al. 2009). Apesar da grande diversidade de antimicrobianos que agem sobre diversos microrganismos patogênicos, estudos buscam por um antimicrobiano ideal, ou seja, aquele que apresenta maior espectro de ação, menor toxicidade, menor custo e menor indício de resistência bacteriana, haja vista que já existe resistência bacteriana a alguns produtos antimicrobianos. Devido tal resistência bacteriana cresce cada vez mais a procura de novas fontes que atuem como antimicrobiano (ALVARENGA, 2007). O presente trabalho tem como objetivo realizar um levantamento das últimas informações sobre o uso de óleos essenciais utilizados como antimicrobiano e antifúngico naturais em alimentos

Texto completo: PDF