Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Didática e Prática Docente
Alessandra Melo Araujo, Márcia Carolliny da Silva Pereira

Última alteração: 2012-10-19

Resumo


A sociedade vem sofrendo grandes transformações, passando a exigir da escola a formação de um
novo aluno, capaz  de atuar na sociedade, de maneira a transformá-la. A prática de ensino vem aproximar o
docente da nova realidade criada pela sociedade,  fazendo da didática uma  sustentação para a sua pratica. Com
essas transformações, a necessidade da escola e do professor é posta em duvidas. O presente estudo  trata-se de
um relato de experiências  sobre uma investigação da prática docente de professores da educação básica, fazendo
um paralelo com  a obra Didática Geral de Claudino Pilleti. Tal proposta foi implementada através da disciplina
de Didática, componente trabalhado no 5ª período do Curso de Licenciatura em Computação do IFTO, campus
Araguatins-TO.   A pesquisa aconteceu nas cidades de Axixá do Tocantins  e Araguatins – TO e foi direcionada
à professores da rede pública estadual,  através de uma entrevista de caráter descritivo com abordagem
qualitativa.   A população em foco foram três professores, sendo dois do ensino fundamental (1ª e 2ª fase) e um
do  Ensino Médio. Os resultados obtidos foram analisados, condensados, expostos em sala e registrados em
relatório submetido como critério avaliativo da Disciplina.  Nas análises feitas acerca dos resultados obtidos,
observa-se que os professores entrevistados foram consensuais na opinião sobre a diferença entre um professor e
um educador. enfatizaram que o primeiro  é  somente  um transmissor de conhecimentos enquanto o educador
ultrapassa fronteiras, desperta no aluno o desejo de aprender, pensar, investigar, comemora com ele as suas
conquistas e seus objetivos. Na fala, nota-se que os entrevistados também desejam aperfeiçoamento profissional
e veem  a Didática como uma sustentação da prática,  apesar de  que  hoje, segundo os mesmos,  o cotidiano
escolar    não avança mais em virtude da falta de suporte familiar. Ainda afirmam na entrevista que  grande
maioria dos professores estão convencidos do valor de seu trabalho e que desejam exercer cada vez melhor a sua
profissão, porque compreendem a grande responsabilidade da função de educar.  


Texto completo: PDF