Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
APLICAÇÃO DE RESÍDUOS VÍTREOS NA CONFECÇÃO DE ARGAMASSAS PARA REBOCO
Nubia Almeida Marinho, Mário Thaislan Oliveira Soares, Jozilene de Souza, Hermes Barbosa de Melo Filho

Última alteração: 2012-10-19

Resumo


O vidro é um material abundante no meio em que vivemos, apresentando grande durabilidade, é um produto não biodegradável e 100% reciclável, sem perder suas qualidades. Este trabalho tem por finalidade verificar a possibilidade da substituição parcial do agregado miúdo por percentuais de resíduos vítreos nos traços de argamassa para reboco, no Município de Boa Vista/RR. Os materiais foram caracterizados quanto às propriedades físicas e químicas. As argamassas foram confeccionadas nos traços 1:1:5, 1:2:5 e 1:1:6, cimento:cal:agregado miúdo (areia e/ou vidro) com cura de 28 dias. As argamassas foram classificadas de acordo com a NBR 13279 (2005). Conclui-se, a partir dos resultados obtidos, na possibilidade de utilização do resíduo vítreo em substituição parcial ao agregado miúdo nas argamassas para reboco, tendo em vista apresentar elevada RCS, com resultado superior a argamassa convencional (areia) enquadrando-se nos padrões II e III: RCS ≥ 8,0 MPa, em todos os traços estudados.


Texto completo: PDF