Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Potencial de produção de biogás, para uso como energia, através de resíduos sólidos domiciliares no Sertão Central Cearense
Reinaldo Fontes Cavalcante, Franscisco Tiago Viana barros

Última alteração: 2012-08-29

Resumo


A demanda por energia tem crescido a níveis exponenciais tendo sua oferta não aumentada na mesma proporção. Desta forma o aumento da oferta energética tem um valor estratégico para o desenvolvimento das regiões. A possibilidade do aproveitamento do biogás para a produção de energia tem fomentado ações que buscam a resolução de dois fatores que exercem pressão sobre os recursos naturais: a produção de energia e a disposição adequada dos resíduos sólidos dos centros urbanos, sendo comum o agrupamento de municípios para a construção de aterros sanitários comunitários. Assim, doze municípios da região do Sertão Central Cearense, com o apoio do governo do estado realizaram um estudo de viabilidade para a instalação de um aterro sanitário consorciado, fomentando ações que visam o desenvolvimento de projetos sustentáveis e de proteção ambiental. O presente trabalho objetiva realizar um estudo sobre a potencialidade de geração de energia através do biogás produzido pelos resíduos sólidos coletados nos municípios citados em um cenário de um aterro sanitário comum. Usando a equação indicada através dos estudos realizados pelo IPCC, Instituto internacional de pesquisa em mudanças climáticas, é possível estimar valores de produção de metano. Durante o estudo se percebeu que a região estudada possui uma potencialidade de 27,49 m³ CH4/tonelada de RSD, ao relacionarmos este valor com a população atendida pela área estudada, chegamos ao valor de 1.824.043,9m3 CH4/ano valor que equivale a 3.465.681,71 litros de gasolina ou 3.081.720,6 litros de diesel ou querosene, ou ainda 1.012.343,8 kg de lenha com 10% de umidade e 456.010,75 kg de xisto,possibilitando o aumento da oferta de energia aliado a conservação das áreas da Caatinga. A eliminação das emissões de metano para a atmosfera na região estudada possibilita ainda a comercialização de créditos de carbono com valores de até 1.857.884 U$, tomando por referência o ano de 2011.


Texto completo: PDF