Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Análise Ergonômica do Ambiente de Trabalho em Indústrias de Vestuário Localizadas no Pólo de Confecções do Agreste Pernambucano
Luciano de Souza Cabral, Andréa Martins Antão, Leilliane Oliveira da Silva

Última alteração: 2012-07-21

Resumo


Este artigo apresenta uma avaliação ergonômica realizada em quatro confecções do Agreste Pernambucano, com foco na avaliação do nível de iluminamento, ruído e padronização do mobiliário utilizado para realização da tarefa. O objetivo principal da pesquisa foi gerar subsídios para que estas empresas concentrem esforços na aplicação de técnicas de melhoria das condições de segurança do trabalho promovendo o bem-estar físico e psíquico de seus empregados. Foram identificados fatores de riscos com relação à postura incorreta, repetitividade, design de máquinas sem ajustes as necessidades laborais, não utilização de equipamentos de proteção, desorganização do setor de trabalho e níveis de iluminamento e ruído fora dos níveis requeridos pela legislação. Outro ponto de grande importância foi à constatação que menores de idade exercem a função de costureira tonando-se vulneráveis aos riscos encontrados. A partir dos resultados da avaliação foram geradas recomendações que contribuirão para o estabelecimento de parâmetros e inclusão em um estudo mais amplo das condições ergonômicas do ambiente.

Texto completo: PDF