Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Análise do potencial de Diferentes Vegetais na Biorredução enantiosseletiva da acetofenona
Gustavo Daniel Soares Souza, Francisco Felipe Maia da Silva, Luciana Medeiros Bertini, Telma Leda Gomes de Lemos, Marcos Carlos de Mattos

Última alteração: 2012-08-27

Resumo


O uso de enzimas como catalisador em síntese orgânica vem ganhando destaque nos últimos anos devido às características bastante peculiares destes catalisadores, tais como: enantiosseletividade, operam em condições brandas de reação e são biodegradáveis. Os vegetais são fontes promissoras destes biocatalisadores já que o Brasil possui uma enorme diversidade em sua flora. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial da Casca da Banana (Musa), sementes de Neem (Azadirachta indica A. Juss), Cenoura (Daucus Carota) e Malvarisco (Plectranthus Amboinicus) em reações de Biorredução frente à acetofenona. As reações foram realizadas por 72h em meio aquoso, utilizando 20g do material vegetal e 0,100ml do substrato. A banana apresentou baixo teor de conversão (9,35%) e um alto excesso enantiomérico - ee - (99%), o Neem, também apresentou um baixo teor de conversão (8,35%), mas manteve um razoável ee (90,47%), a cenoura apresentou um bom ee (>99%) e uma conversão comparável a processos químicos convencionais (80,55%), o Malvarisco apresentou baixa conversão (5,2%) e um desprezível ee (4,8%). Apesar das reações com alguns vegetais avaliados (Banana e Malvarisco) não terem apresentado bons resultados em termos de conversão e ee, o Neem demonstrou uma boa enantiosseletividade (90,47%), e a cenoura como já demonstrado em estudos anteriores, apresentou ótima conversão e bom ee, mostrando-se uma reação biocatalítica bastante reprodutível. Portanto, este estudo contribui para identificação de novas fontes enzimáticas, capazes de substituir reagentes químicos clássicos, contribuindo para a consolidação, desenvolvimento e aplicação de uma química mais verde, sendo que, nesse contexto as enzimas vegetais apresentam-se com grande potencial de aplicação devido a imensa e diversificada flora Brasileira.

Texto completo: PDF