Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Comportamento térmico em um freezer para congelamento do pescado
Jesus Marlinaldo Medeiros, Shirley Nascimento Borges, Marcio Gomes Silva, Andrei Hudson Braga

Última alteração: 2012-08-27

Resumo


O pescado é altamente susceptível à deterioração, sendo necessária sua conservação da comercialização até o consumo. A qualidade do pescado é garantida através do imediato resfriamento após a sua captura seguida de congelamento em equipamento adequado. O congelamento não possui ação esterilizante, apenas retarda as atividades microbianas já existentes e impede o surgimento de novos agentes deteriorantes. O processo de congelamento do pescado é complexo, pois envolve a transferência de calor e massa, a mudança de fase e o escoamento do fluido de congelamento que dependem das condições de temperatura e velocidade do ar de insuflamento do sistema frigorífico e da temperatura de recebimento do pescado. Os perfis de temperatura e razão de umidade em um freezer horizontal foram analisados através da montagem de um aparato experimental com devida instrumentação para monitoramento da temperatura e umidade relativa do ar dentro do freezer utilizando dois termo higrômetros e dois termômetros com sensores tipo K com quatro canais e sistema de aquisição de dados. Os resultados mostraram a evolução da temperatura e razão de umidade do ar no interior do freezer. O comportamento térmico no freezer está de acordo com o previsto na teoria, porém não atinge a temperatura especificada pelo fabricante do freezer interferindo no tempo de congelamento do pescado e no tempo de armazenamento para manter a qualidade do produto. Observou-se a desumidificação do ar devido ao abaixamento da temperatura do freezer para congelamento do pescado e que isso poderá comprometer a qualidade do pescado.


Texto completo: PDF