Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Estudo do efeito da variação da velocidade de soldagem no comportamento corrosivo de liga experimental inoxidável ferrítica com alto teor de molibdênio
Natasha Lopes Gomes, Luana de Sousa Santos, Ana Paula Barroso, Rodrigo Freitas Guimarães, Marcelo Parente, Walney Silva Araújo

Última alteração: 2012-10-17

Resumo


Este trabalho tem o objetivo de avaliar o comportamento corrosivo de uma liga experimental de aço inoxidável ferrítico com 5,3% de molibdênio e 15,6% de cromo quando submetida à soldagem TIG autógena. O interesse nesta liga é a sua possível utilização na indústria do petróleo e gás natural como forma de reduzir os custos de manutenção provenientes do desgaste acelerado dos seus equipamentos. A soldagem da liga na condição solubilizada foi realizada sobre chapa plana, sem chanfro, com eletrodo toriado de 2,4 mm de diâmetro, posição plana e argônio como gás de proteção. Foram empregadas duas diferentes condições de soldagem, resultantes da variação da velocidade de soldagem, mantendo os mesmos valores de tensão e de corrente de soldagem. A liga em estudo foi submetida a uma análise microestrutural na condição solubilizada e soldada. Para cada condição de soldagem foram retiradas quatro amostras da liga para análise do comportamento corrosivo através de ensaios eletroquímicos de polarização. Os resultados mostraram que a variação da velocidade de soldagem nas condições estudadas não altera o comportamento corrosivo da liga com alto teor de molibdênio.


Texto completo: PDF