Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
ESTRATÉGIAS ORGANIZACIONAIS EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
Miler Franco Danjour, Marília do Vale Góis Pacheco Medeiros, Katyanna Amélia Moura do Nascimento, Patrícia Whebber S. de Oliveira

Última alteração: 2012-10-16

Resumo


O presente estudo apresenta como objetivo geral analisar as tipologias de estratégias organizacionais presentes nas Instituições de Ensino Superior do Estado do Rio Grande do Norte. Portanto, foi utilizado um estudo do tipo descritivo, de natureza predominantemente quantitativa, com as 31 Instituições de Ensino Superior que atuam no Estado do Rio Grande do Norte. Para o levantamento dos dados foi utilizado um questionário com 49 questões, sendo 5 questões para identificar características gerais das IES e 44 para identificar as estratégias organizacionais (Miles e Snow 2003) destas IES. Os dados foram tratados por meio do calculo da média e do desvio padrão, além do calculo de testes de média para identificar as possíveis relações das estratégias organizacionais com as características gerais das IES. Os resultados do presente estudo indicaram a existência de uma estratégia prospectiva como predominantes na maioria das 31 instituições estudadas, sendo também identificadas por ordem de ocorrências nas IES as estratégias defensivas, analisadoras e reativas. Quanto a influencias das características gerais das IES identificou-se que essas características pouco influenciaram a definição das estratégias das IES. O único caso que foi identificado com significância estatística ao nível de 5% foi o teste Anova, realizado para estratégia organizacional em relação à modalidade de funcionamento dos cursos ofertados pelas IES, de forma que as modalidades dos cursos ofertados presencialmente e a distância, influenciaram as estratégias prospectivas e defensivas. Por fim, fica como recomendações para estudos futuros, a realização de pesquisas longitudinais para identificar a evolução natural das estratégias adotadas pelas IES do RN, além da realização de estudos para comparar os resultados desta pesquisa com a realidade de outras regiões do país.

Texto completo: PDF