Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
FREQUÊNCIA DE VISITAS DE ABELHAS (Apis mellifera) EM PLANTAS DE GERGELIM (Sesamum indicum) E GIRASSOL (Hlianthus annuus)
Paulo Alves Wanderley, Herbert Adames Lira Santos, Maria de Fátima Emanuelle Alexandre Pessoa, Gilberlando Gomes, George Max de S. Batista, Joserlan Moreira Nonato

Última alteração: 2012-10-18

Resumo


O trabalho teve como objetivo, quantificar, avaliar e estudar a visita de abelhas melíferas, e visitantes em flores na cultura do gergelim (Sesamum indicum), por abelhas da espécie Apis mellifera, em cuja cultura foi observado o seu maior frequentador e polinizador, além de ser observado uma grande quantidade de outros polinizadores, sem quantificação. A pesquisa foi realizada no IFPB- Campus Sousa em fileiras solteiras de gergelim e, em fileiras consorciadas com girassol (Hlianthus annuus). As abelhas A. mellifera, foram avaliadas contando-se os indivíduos visitantes em caminhamento a cada 15 minutos e separando-se o tipo de coleta nas anotações se pólen ou néctar. O horário de observação se estendeu das 7:00 às 17:00h durante três dias. Os resultados mostraram que as abelhas visitam com maior frequência nos horários da manhã especialmente para coleta de pólen tanto em fileiras consorciadas quanto em fileiras solteiras, porém em geram o número total de abelhas é maior quando em fileiras consorciadas.

Texto completo: PDF