Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Aplicação da espectrofotometria clássica e derivativa na determinação de domperidona em formulações farmacêuticas.
Karen Lopes de Paiva, Jacira Izidório de Moura, Graziella Ciaramella Moita, Joaldo da Silva Lopes

Última alteração: 2012-10-16

Resumo


A espectrofotometria clássica e derivativa são métodos simples, de fácil execução e economicamente viáveis para análise de domperidona em formulações farmacêuticas, podendo assim tornar-se um método válido para análise de acordo com as exigências de órgãos regulamentadores como a ANVISA. Este método foi aplicado para análise da domperidona seguindo todas as figuras de mérito exigidas para sua validação e os resultados revelaram que é um método seletivo, robusto, preciso (<5%) e exato, com recuperações entre 96-100%, podendo ser facilmente utilizado por farmácias de pequeno porte que desejam fazer o controle de qualidade de seus medicamentos e assim atender a necessidade individualizada de cada paciente.

Texto completo: PDF