Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Importância da remediação e recuperação de áreas degradadas pela indústria do petróleo à luz da Sustentabilidade
Júlia Caroline Celeste Viana Bento, Natalee Airam Araújo Mendonça, Leci Martins Menezes Reis

Última alteração: 2012-10-16

Resumo


O presente artigo é uma revisão bibliográfica, fundamentada na avaliação crítica sistemática da literatura sobre a importância da recuperação e remediação de áreas já degradadas ou potencialmente afetadas pela indústria do petróleo, de modo a discutir o conceito de Sustentabilidade nessa atividade. Afim de que rastros de destruição não sejam deixados para as gerações futuras, a exploração petrolífera deve ser cada vez mais aperfeiçoada sob os parâmetros do Desenvolvimento Sustentável, buscando democratizar os benefícios econômicos para que não apenas favoreçam às grandes corporações, mas que tragam impactos positivos para a população local. Diante da evidência do caráter degradador congênito a tal atividade, adotam-se a recuperação e a remediação como alternativas para reabilitar as áreas atingidas sobre a perspectiva ambiental e, então, reinseri-las na dinâmica sócio-econômica regional, baseando-se numa visão sustentável. Nesta perspectiva, o trabalho teve como objetivo desenvolver um estudo sobre a relevância das técnicas e métodos para a recuperação de áreas degradadas. Adotou-se como exemplo a abordagem dessa indústria no Rio Grande do Norte, umas das principais potências produtoras de petróleo do Brasil, e pode-se, então, legitimar esses tipos de ações mitigadoras para a recuperação de áreas degradadas. Os resultados da análise bibliográfica apontaram para a necessidade de aplicar essas ações tecnológicas em prol do desenvolvimento regional, pautando-se nos três pilares da Sustentabilidade, para que se possa evidenciar e concretizar, enfim, esse conceito.

 


Texto completo: PDF