Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Avaliação da qualidade sanitária de sementes de ipê provenientes de Açailândia-MA
Elaine da Costa Andrade

Última alteração: 2012-08-17

Resumo


O ipê (Tabebuia spp.) é uma espécie de grande interesse na atualidade e utilizada em programas de reflorestamento, sendo que sua propagação dá-se exclusivamente por sementes e sua sanidade torna-se de suma importância para obtenção de boas mudas produzidas no viveiro. Objetivou-se, com este trabalho, descrever a incidência de patógenos associados a sementes de ipê provenientes de uma localidade do Estado do Maranhão. Foi realizada a coleta de sementes de ipê no município de Açailândia-MA, constituindo-se assim um lote. Para a avaliação da qualidade sanitária das sementes, foi utilizada a metodologia do papel de filtro tradicional (blotter test), com auxilio do microscópio estereoscópico e óptico para a identificação dos gêneros fúngicos. Foram encontrados os fungos Fusarium sp., Aspergillus niger, Aspergillus flavus, Penicillium sp., Cladosporium sp., Phoma sp. , Alternaria sp., Colletotrichum sp., Curvularia lunata, Chaetomium sp. As sementes de ipê do lote avaliado possuem baixa qualidade sanitária, em virtude da alta incidência de fungos de campo (Fusarium sp. e Phoma sp.) e de armazenamento (Aspergillus niger). Constata-se, assim, a necessidade de um bom manejo da cultura do ipê e de um possível tratamento de sementes, visando o bom desempenho das futuras mudas de ipê provenientes dessas sementes.

Texto completo: PDF