Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Levantamento da aplicação do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, Câmpus João Pessoa: resultados preliminares e perspectivas
Gabriel Brandão Assis, Sinara Cybelle Turíbio e Silva Nicodemo

Última alteração: 2012-10-16

Resumo


O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Câmpus João Pessoa, na condição de estabelecimento de ensino, no qual desenvolve não apenas atividades didáticas como também abriga diversos setores que atendem a comunidade externa, é um gerador potencial de resíduos sólidos. A disposição inadequada desses resíduos constitui ameaça a saúde pública e agrava a degradação ambiental, comprometendo a qualidade de vida da população. Nesse sentido, em 2007, foi implantado o Programa de Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos (PGIRS) do IFPB com o objetivo de cumprir as determinações da legislação vigente e diminuir o impacto negativo causado pelo descarte de resíduos sólidos no meio ambiente. Sabemos que um sistema de tal porte não pode manter-se sozinho sem devida manutenção; por isso, o presente trabalho propõe-se a analisar as atuais condições em que se encontra o PGIRS do IFPB - Câmpus de João Pessoa, comparando o seu funcionamento na prática com o que foi previsto em seu respectivo Plano de Gestão em 2007, no intuito de contribuir para o seu aprimoramento. A metodologia consistiu em pesquisa bibliográfica e de campo, com registros fotográficos e obtenção de depoimentos de servidores. Todas as variáveis analisadas neste trabalho – coleta seletiva e reciclagem, compostagem, armazenamento de resíduos de serviço de saúde, lixo eletrônico e resíduos da construção civil – tiveram ações previstas no Plano acima mencionado, porém enfrentam dificuldades em sua operacionalização ou não fucionam. Inicialmente, essas ações foram bem sucedidas; entretanto, não se sustentaram pela falta de envolvimento da comunidade. Recomenda-se a realização de estudos de percepção ambiental para promover a consciência da correta destinação final de resíduos e do papel da comunidade nesse processo, bem como nortear estratégias de educação e gestão ambiental.  


Texto completo: PDF