Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DA QUALIDADE SANITÁRIA DE SEMENTES DE LEUCENA PROVENIENTES DO ESTADO DO MARANHÃO
Aline Silva Sousa, Bianca do Carmo Silva, Elaine da Costa Andrade, Delineide Pereira Gomes

Última alteração: 2012-08-31

Resumo


A leucena é uma espécie arbórea, capaz de contribuir para o melhoramento do solo, além de servir de forragem para o gado, possibilitando ao agricultor uma alternativa para as regiões áridas do Nordeste. Sabendo-se que as informações sobre sementes de leucena são bastante restritas, e que o uso de mudas para diversos fins depende, entre outros fatores, da qualidade sanitária dessas sementes, esta pesquisa teve por objetivo avaliar a qualidade sanitária de sementes de lotes de sementes de leucena provenientes de localidades/municípios do Estado do Maranhão. Foi realizado um teste para verificar a qualidade sanitária das sementes, através da metodologia do papel de filtro tradicional, conforme as Regras para Análises de Sementes (2009). Os experimentos foram instalados de acordo com o delineamento estatístico inteiramente casualizado com quatro repetições e dois tratamentos (dois lotes de sementes). Houve a incidência de Fusarium sp., Cladosporium sp. e Alternaria sp., considerados fungos de campo; Aspergillus flavus, Penicillium sp., Aspergillus niger, Aspergillus sp., considerados fungos de armazenamento; e de bactérias não identificadas nas sementes de leucena dos lotes avaliados.  Os lotes 1 e 2 de sementes de leucena possui qualidade sanitária razoável, em virtude da baixa incidência de fungos de campo, porém, significativa incidência de fungos de armazenamento nas sementes.


Texto completo: PDF