Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
RUPTURA ENTRE O TRADICIONAL E O MODERNO NA PERCEPÇÃO DO JOVEM REASSENTADO PELA CONSTRUÇÃO DA UHE LUIS EDUARDO MAGALHAES-PALMAS-TO
Monique Porto Costa, Thania Maria Fonseca Aires Dourado, Debora Neres Cavalcante, Danuza Costa Leite, Juliana Silva de Oliveira, Martha Holanda da Silva

Última alteração: 2012-10-18

Resumo


Em função da construção da Usina Hidrelétrica – UHE Luis Eduardo Magalhães, em Palmas-TO deu-se o deslocamento das comunidades ribeirinhas para outras localidades, decorrendo desse processo uma ruptura das famílias reassentadas, com o seu modo de vida anterior, caracterizado pelo abandono de algumas práticas, costumes, valores e motivações, para se adaptar a uma nova vida, em uma realidade mais moderna. O estudo é resultante de pesquisa qualitativa, cujos dados foram levantados por meio de entrevista semiestruturada e de questionário. De acordo com os jovens e suas respectivas famílias pesquisadas, novos hábitos passaram a fazer parte do cotidiano da comunidade, o que provocou a perda de alguns costumes que eram mantidos na comunidade antes do reassentamento. Para 100% dos jovens reassentados em Nova Pinheirópolis, localizado no município de Porto Nacional (TO) e 87% na 508 Norte, em Palmas (TO), no geral, as mudanças foram  consideradas positivas. A pesquisa conclui que


Texto completo: PDF