Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Crescimento de mudas de umbuzeiro (Spondias tuberosa) sob diferentes fontes e doses de resíduos orgânicos
rodilma santos almeida

Última alteração: 2012-09-03

Resumo


O umbuzeiro (Spondias tuberosa, Arr. Cam.) é uma das árvores principais que compõe o bioma Caatinga, apresentando grande valor para as regiões de clima semiárido, devido às diversas aptidões oferecidas as comunidades rurais, além do seu valor econômico. Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar as melhores fontes e doses de adubos orgânicos na produção de mudas de umbuzeiro.  A pesquisa foi realizada em viveiro do tipo telado (tipo sombrite, 50%) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba – Campus Sousa, localizada no Perímetro Irrigado de São Gonçalo, município de Sousa, Paraíba (6°45' S de latitude, 38°13' W de longitude e altitude de 223 m), no período de janeiro a julho de 2012. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso, em esquema fatorial 2x4 (1-esterco ovino e 2-húmus de minhoca x doses de 0, 20, 40 e 60% do adubo orgânico no substrato), com quatro repetições e quatro plantas por parcela experimental. As avaliações ocorreram quinzenalmente e no final do experimento, sendo elas: altura da planta (cm), massa fresca da parte aérea e da raiz (incluindo o xilopódio). Os melhores resultados na produção de mudas de umbuzeiro foram conseguidos com o húmus de minhoca, podendo ser recomendado para a produção de mudas de umbuzeiro nas condições edafo-climáticas do Alto Sertão Paraibano.


Texto completo: PDF