Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Uso eficiente da energia elétrica em escolas da rede pública do Amapá
Argemiro Midonês Bastos, João Vítor Oliveira Garcia, Mardoqueu Carneiro Oliveira, Tales Barros Marcello

Última alteração: 2012-10-18

Resumo


O estudo analisou as condições de consumo de energia elétrica, no período de 2009 a 2011, de seis escolas públicas no Município de Macapá, considerando em tal análise número de usuários, localização e quantidade e qualidade dos equipamentos instalados e sua adequação ao ambiente da escola. O objetivo foi identificar as características do consumo em cada escola, estabelecendo um índice comparativo entre consumo e número de usuários (ICU) e consumo e número de dias letivos (ICE). Para isso, durante visitas às escolas foi feito o levantamento do perfil de consumo de energia elétrica, considerando os equipamentos elétricos disponíveis e identificando quantidade, potência e tempo médio de uso diário. A partir destas informações, e somando-se às entrevistas com servidores das escolas e dados medidos pela Companhia de Eletricidade do Amapá, foi possível estimar a potência (carga) instalada e traçar um perfil do consumo de energia elétrica diferenciado para equipamentos e iluminação. Os resultados da pesquisa sugerem que o uso racional da energia elétrica nas escolas ainda não é uma realidade, pois o desperdício pode ser percebido pelo aumento de consumo intra e interanual. A escola Gabriel de Almeida Café destacou-se como a unidade com maior ICU (159,02 kWh/usuário), o que equivale a 32 vezes o ICU da escola Raimunda dos Passos (4,86 kWh/usuário). Espera-se que estes resultados auxiliem no planejamento e gestão das ações, projetos e programas do setor da educação, e do financiamento da educação pública estadual na sensibilização para o consumo racional de energia elétrica nas escolas públicas do Amapá.

Texto completo: PDF