Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Análise da Exposição dos Moradores do Edifício Manoel Pires à Poluição Sonora: Percepção do Ruído e Consequências na Saúde
Samara Amorim de Araújo, Maria Deise das Dores Costa Duarte, Erlanne Santana de Oliveira

Última alteração: 2012-10-16

Resumo


A poluição sonora é a terceira mais frequente poluição ambiental do planeta, perdendo apenas para a hídrica e atmosférica; tal problema deve ser mais valorizado para que se possa buscar soluções ou formas de reduzi-lo de modo mais eficaz e efetivo. Este estudo analisa como a poluição sonora atua na vida dos moradores de um edifício residencial localizado no Centro da cidade de João Pessoa (PB).  O principal objetivo foi avaliar o nível de pressão sonora que atinge os moradores do Edifício Residencial Manoel Pires e apontar as consequências deste problema na saúde dos mesmos. Para tanto, foi realizado um levantamento de dados através de entrevistas e aplicação de questionários, além de aferições com o auxilio de um decibelímetro para medir o nível de ruído local. Através dos dados obtidos foi possível constatar que os moradores estão constantemente expostos a níveis elevados de ruídos provenientes, na maioria dos casos, pelo comércio e fluxo de veículos, que por sua vez causa malefícios ao bem estar físico, mental e social das pessoas. Além disso, torna-se claro as autoridades competentes e aos residentes do Edifício que os ruídos gerados pelas diversas atividades ao raio do edifício estão acima do permitido pela legislação, sendo necessário criar ações que diminuam os efeitos da poluição a fim de proteger os moradores.

Texto completo: PDF