Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Estudo epidemiológico e analise espacial da dengue, através do sistema de posicionamento global
Senhorita ALYCE CAETANO LIMA, senhor Silva, senhor Belizario, senhor Araujo, senhor Silveira, senhorita Costa

Última alteração: 2012-08-26

Resumo


De acordo com o último censo realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a população residente no município de João câmara é de 32.227 habitantes, sendo 6.618 na área rural e 24.900 na área urbana, além disso, é o 14º município mais povoado do Estado do Rio Grande Do Norte. O município de João Câmara possui área de 715 Km², localizada entre as latitudes 5º32’14”5 e longitude 35º49’10”W, e esta situado na  região do Mato Grande . O clima da cidade é semi-árido, com temperatura média anual de 30º C, e o índice pluviométrico médio anual é de 648, 6 mm/ano. A dengue é uma doença infecciosa aguda, de gravidade variável, causada por um vírus do gênero Flavivírus. O mosquito transmissor da dengue é denominado Aeds aegypti segundo. A dengue teve ao longo da ultima década uma difusão incontrolada no território brasileiro. No Brasil, a implantação de Sistemas de Informações na área de vigilância epidemiológica, vem se processando ao longo dos anos. Dessa forma, atualmente é possível coletar dados que sofrem tratamentos computacionais de forma que sirvam para nortear a tomada de decisão. O Georeferenciamento é um dos exemplos de tratamento de dados impulsionado pelo desenvolvimento da informática.  Georreferenciamento é um conjunto de conceitos, métodos e técnicas erigidos em torno do processamento eletrônico de dados que opera sobre registros de ocorrência georreferenciados, analisando suas características como sendo uma técnica aprimorada de descrição de territórios rurais e urbanos. O município de João câmara tem registrado números bastante significativos com relação a casos da doença, são mais de 400 casos confirmados só na área urbana, o mapeamento da doença é fundamental para vigilância da epidemia. Foi considerado o endereço fixo ou temporário de moradores com diagnostico confirmado da área urbana do município João Câmara. Os dados foram fornecidos na Secretaria Municipal de Saúde, referente ao período de 03 janeiro de 2011 á 03 de junho de 2011 (6 meses). O método estatístico usado foi o aleatório simples, ou seja, por meio de sorteio. Os endereços foram separados por região de notificação, depois sorteados 10% de cada região, em seguida foram marcados com o aparelho de GPS (Etrex Venture HC). Depois disso, foi criado um banco de dados digital contendo o número total de infectados pela doença, homens e mulheres de cada unidade de saúde e total de pontos marcados. Os pontos marcados foram importados para o programa (SIGA WEB/ Programa De Geoprocessamento Do IDEMA) para analise da estatística de incidência, .

Palavras-chave: Georreferenciamento, doença e dengue.


Texto completo: PDF