Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII CONNEPI - Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação

Tamanho da fonte: 
Mesocarpo de coco verde como adsorvente na remoção do corante têxtil cosmos black
antonio marcos de lima aires, Stefany luane leite silva, janilson lima souza, mirian pereira teixeira

Última alteração: 2012-08-30

Resumo


A problemática ambiental no que tange a contaminação dos recursos hídricos por efluentes industriais, especificadamente metais pesados e efluentes têxteis é um dos assuntos de grande debate na sociedade. O setor têxtil é um dos principais responsáveis desta problemática em função do lançamentos de efluentes contendo corantes, neste caso, moléculas de difícil degradação devido a presença de sistemas aromáticos. Além disso, estas moléculas ocasionam elevado consumo de oxigênio elevando a DBO/DQO do meio e ocasionam toxidade aguda e crônica na biota. Portanto, têm-se o interesse de se desenvolver tecnologias viáveis para a remediação/recuperação destes sistemas no intuito de minimizar os impactos ambientais decorridos do lançamento inadequado destes efluentes no meio natural. Neste trabalho o mesocarpo de coco verde foi utilizado como adsorvente para a remoção do corante têxtil cosmos Black em meio aquoso. O adsorvente foi triturado, submetido a diversas lavagens com água destilada, secado e peneirado obtendo uma granulométrica entre 50 – 200 µm. Com relação aos ensaios de adsorção estes foram realizados utilizando a técnica de batelada. As concentrações das soluções do corante foram determinadas por espectrofotometria no UV-visível. Foi realizado o estudo de pH e determinação do pHzpc onde verificou-se que a adsorção independe do pH do meio sendo que o pHzpc foi equivalente a 3,6. As cinéticas de adsorção foram realizadas na temperatura ambiente fixando-se a concentração e variando o tempo de contato, sendo que os resultados experimentais se melhor adequaram ao modelo de segunda-ordem evidenciando que o mecanismo cinético é dependente da concentração do adsorvente e do adsorvato. A quantidade removida do corante foi superior à 95 % em relação a uma concentração inicial de 250 mg.L-1 do corante cosmos black. Conclui-se, portanto, que o mesocarpo de coco verde é uma alternativa viável para a remoção do corante têxtil cosmos Black.

Texto completo: PDF